Sua versão do navegador está desatualizado. Recomendamos que você atualize seu navegador para uma versão mais recente.

 

 

 

 

Capitão OliveiraCapitão Oliveira

  

Manoel Alves de Oliveira Santos (Capitão Oliveira); renomado membro da PMSE; ingressou na corporação em 1994 como soldado, sendo aprovado em 1997 no concurso de sargentos; em 2003, foi aprovado no Curso de Formação de Oficiais na Academia de Polícia Militar Senador Arnon de Mello (APMSAM) em Maceió/AL. Em 2005 participou com êxito do CFO/PMSE e iniciou a atividade em estágios nas diversas unidades operacionais da PMSE. Num segundo momento, já como tenente, teve a oportunidade de trabalhar no 2º Batalhão de Polícia Militar (2º BPM), em Propriá, no 4º Batalhão, em Canindé do São Francisco, até fundar o então Pelotão Especial de Policiamento em Área de Caatinga (Pepac) em 16 de maio de 2008. Capitão Oliveira, graduado em Direito pela Faculdade Pio Décimo, participou também de cursos SWAT e de Operações em Altura e Rapel Tático, além de estágio na Companhia de Polícia de Ações em Caatinga da Polícia Militar da Bahia (CPAC). O capitão foi da primeira turma do Curso de Operações Policiais em Área de Caatinga da PMSE (Copac), passando a coordenador e instrutor a partir da segunda turma. Pelo reconhecido empenho na segurança pública do alto sertão sergipano, Capitão Oliveira recebeu o título de Cidadão Gloriense, e na corporação recebeu as medalhas de tempo de serviço (10 e 20 anos) e foi condecorado com a Medalha do Mérito Policial. No cargo de Comandante do Pelotão da Caatinga, permaneceu até a data da sua morte numa emboscada na rodovia entre Monte Alegre e Porto da Folha/SE.

          Manoel Alves de Oliveira Santos, naturalidade: Porto da Folha/SE, nascido aos 15/11/1975, filho de Manoel Ricardo dos Santos e Maria Miriam de Oliveira Santos; falecimento: 04/04/2018 aos 42 anos de idade.