Sua versão do navegador está desatualizado. Recomendamos que você atualize seu navegador para uma versão mais recente.

 

 

Fausto Alves Feitosa

(Tenente-Coronel da PM/SE)

 

 

          Fausto Alves Feitosa nasceu em Porto da Folha dia 01/09/1907, filho de Antônio Rodrigues Feitosa e dona Maria do Céo Feitosa (professora).

          Fausto A. Feitosa ingressou na PM/SE em 1926 no governo de Dr. Maurício Graccho Cardoso, e na corporação se destacou como músico. Por conta do seu elevado nível técnico-musical foi convidado a passar-se para o Exército Brasileiro, afim de ser Maestro da Banda de Música do 28º Batalhão de Caçadores, mas declinou do convite por não poder levar os irmãos para as fileiras do Exército. Além da brilhante atuação como músico na Banda da PM, também foi Delegado de Polícia nos municípios de Nossa Senhora do Socorro, Cedro de São João, Santo Amaro das Brotas e Neópolis.

          Na PM/SE, Fausto Alves Feitosa passou para a reserva remunerada em 1956 com a patente de Capitão, mas a seguir foi convidado pelo prefeito de Aracaju, Roosevelt Dantas Cardoso, a assumir cargo importante no Corpo de Bombeiros, sendo nomeado Comandante Geral da referida instituição entre junho de 1960 e maio de 1962, ocasião em que o Corpo de Bombeiros era subordinado a Prefeitura Municipal de Aracaju.

          Após estadia no Corpo de Bombeiros, o Capitão Fausto Feitosa, estando na reserva remunerada, foi promovido a Major em 1964 e a Tenente-Coronel em 1966. Faleceu aos 79 anos de idade, 04/01/1986, em Aracaju.

          Em homenagem aos relevantes serviços prestados a PM/SE, e ao Corpo de Bombeiros, seu nome foi dado a uma Rua no bairro São Conrado em Aracaju/SE. O Tenente-Coronel Fausto Alves Feitosa também é considerado Filho Ilustre de Porto da Folha.

Obs.: A presente biografia (resumo) foi transcrita do livro “Porto da Folha – Fragmentos da História e Esboços biográficos, páginas 169 e 170” de Manoel Alves de Souza.