Sua versão do navegador está desatualizado. Recomendamos que você atualize seu navegador para uma versão mais recente.

Dr Albino Tavares de Almeida NetoDr Albino Tavares de Almeida Neto

ADMINISTRAÇÃO

DR. ALBINO TAVARES DE ALMEIDA NETO

 

As eleições municipais de 2012 ocorreram no dia 07 de outubro. Em Porto da Folha o vitorioso foi o médico Dr. Albino Tavares de Almeida Neto, ao conquistar 9.772 votos, ultrapassando com folga o total que obtiveram os demais candidatos juntos. Dr. Albino passa a ser então o recordista de votos da história de Porto da Folha até o momento. Dentre os demais concorrentes Dr. José Araújo Leite Filho foi o mais votado, conseguiu cerca de 4 mil e quinhentos votos, porém sua candidatura foi impugnada pelo STE/SE sob a alegação de compra de voto; os outros candidatos, Gilmar de Souza Xavier obteve apenas 656, e José Arnaldo Santana (Arnaldo do Laboratório) conseguiu somente 347 votos.

 

          A Câmara de Municipal se renovou com os seguintes vereadores: Thiago Moreira de Santana (reeleito com 1.351 votos); Ricardo Alexandre Feitosa Aragão (reeleito com 1.177); José Ailton Alves (Ailton de Zé Doutor, 1.122); Valdemar Alves Néo (Demar da Linda França – reeleito com 1.106); Maria do Carmo Lucena de Góis Azevedo (Carmem de Chico, 1.072); Josenilton Feitosa de Matos (Nilton de Zé Boi – reeleito com 841); Manoel de Souza Dória Júnior (Júnior de Manezinho, 691); José Francisco de Melo (Francisquinho, 676); Solano Loureiro Feitosa (Cuíte – reeleito com 651); Tones Cruz Correia (Tony da Lagoa Redonda 627) e Anselmo Alves Rito com 622 votos.

         

          A administração de Dr. Albino, e seu vice - Chico do Minador, se deu entre janeiro de 2013 e janeiro de 2016; nenhuma obra se destacou nem foi observada neste período a não ser a inauguração do prédio do INSS, construído na gestão anterior. Segundo consta, Dr. Albino recebeu a prefeitura completamente falida e endividada, tendo como causa principal a folha de pagamento do funcionalismo. Na realidade o gestor não pôde mesmo fazer nada pela cidade, visto que o problema gerado pelo endividamento impediu-lhe de fazer o melhor pelo município. Além disto, ocorreram fatos lamentáveis na administração da Presidenta Dilma Rousseff, bem como a morte do governador Marcelo Déda Chagas em 02/12/2013, sendo a governança de Sergipe ocupada pelo vice-governador Jackson Barreto. Podemos afirmar que o período da administração Dilma Rousseff foi nebuloso e cruel, sobretudo por conta dos erros cometidos na condução do País; cassação de mandato, desemprego e a corrupção trazida à lume pela operação “Lava Jato”.

          O período da administração Dr. Albino coincide parcialmente com a fase final do mandato de Marcelo Deda e, posteriormente, com o de Jackson Barreto.        

          Um ato de valiosa bravura envolvendo Dr. Albino foi observado por grande número de pessoas no dia 07 de setembro de 2014 em Porto da Folha, pleno domingo de desfile cívico das escolas, momento que o prefeito se preparava para subir ao palanque e fazer ali seu discurso! De repente um gravíssimo acidente de automóvel transformou a alegria do desfile em tristeza, quando um rapaz embriagado atropelou as irmãs Miriam e Maria. Dr. Albino imediatamente abandonou o palanque e veio correndo até o local do acidente, cerca de 200 metros do palanque, tentar salvar as idosas, mas foi em vão todo aquele esforço, uma delas chegou sem vida ao hospital e a outra morreu horas depois. Este foi o domingo mais triste que se tem notícia em Porto da Folha. De qualquer forma a intervenção pessoal de Dr. Albino enobreceu ainda mais seu prestígio perante a população, pois não havia somente ele de médico nas proximidades da tragédia. Por esta e outras intervenções do médico Albino, a população de Porto da Folha o tem como grandioso profissional de alma pura. Assisti ao vivo boa parte desta sena, e para este aracajuano fica aqui meu apreço.

 

          Albino Tavares de Almeida Neto, nasceu dia 26/05/1977 em Aracaju; excelente pessoa humana e conceituado médico, teria vindo a anos atrás desempenhar sua atividade em Porto da Folha. Aqui conquistou a simpatia do povo por seus méritos na profissão. Como administrador municipal muitas vezes sentiu-se desolado por não ter a chance de fazer um bom trabalho. Consta que tentou abandonar o cargo, mas a pedido das pessoas amigas, não o fez.