Sua versão do navegador está desatualizado. Recomendamos que você atualize seu navegador para uma versão mais recente.

 

ADMINISTRAÇÃO MARLENE MONTEIRO BARBOSA FEITOSA

     

          No dia 15/11/1988 o eleitorado portofolhense optou pela escolha de uma mulher para chefiar a prefeitura local. Pela primeira vez, através de votação popular, o eleitorado concedeu a esta dama, natural de Alagoas, a direção do município.

          Com 2.928 votos a Sra. Marlene Monteiro Barbosa Feitosa (viúva do ex-prefeito Antônio Pereira Feitosa) foi eleita Prefeita de Porto da Folha, tendo como vice Manoel Alves de Oliveira.

          Neste pleito também foram vitoriosos os vereadores: Antônio Carlos Campos, Antônio de Freitas Dória, Eliezer Santana Neto, João Aragão, José Rivaldo Lima, José Araújo Leite Filho, José Júlio Nunes de Santana Gomes, José Teixeira Vieira Costa, Juarez de Loureiro Lima, Kleber Costa Silva, Manoel de Souza Dória, Manoel Messias de Oliveira, Miguel Pereira Braga e Oscar Gama da Silva.

 

          Marlene Monteiro conduziu a prefeitura de Porto da Folha de janeiro de 1989 a janeiro de 1992, coincidindo parcialmente este período com o da administração Antônio Carlos Valadares (1987-1991) na governança de Sergipe.

 

          Um fato marcante proporcionado pelo legislativo local em 1990 foi a elaboração da Lei Orgânica do Município, ocasião em que se achava na presidência da câmara o vereador Eliezer Santana Neto, visto que a comissão constitucional ficou a cargo do vereador Antônio de Freitas Dória, que organizou e editou o documento de forma transparente e de fácil compreensão. A Lei Orgânica veio trazer maior credibilidade à câmara, bem como esclarecer aos munícipes fundamentos dos direitos e deveres de cada cidadão para com o município.

           Dentre as obras desta gestão se destacou a construção do Conjunto Habitacional Antônio Pereira Feitosa; Escola Municipal Antônio Pereira Feitosa (no povoado Lagoa Redonda); Escola Municipal Antônio Torres (no povoado Lagoa do Rancho); implantação do Curso Técnico de Contabilidade em Porto da Folha; reconstrução da Praça da Matriz e calçamento, com paralelepípedos, de algumas ruas da sede.

 

          Em resumo, a administração Marlene Monteiro foi considerada eficiente segundo a opinião pública local. Apesar de atualmente não exercer cargo político, é vista como perseverante na manutenção do prestígio do saudoso marido.   

 

          Marlene Monteiro Barbosa Feitosa (viúva de Antônio Pereira Feitosa) nasceu em Monteirópolis/AL dia 16/09/1943, filha de Flutuoso Ferreira Barbosa e Audália Monteiro Barbosa.