Sua versão do navegador está desatualizado. Recomendamos que você atualize seu navegador para uma versão mais recente.

ASSASSINATO DO ADVOGADO JOSÉ JAIR MOREIRA BRASIL (Ano 2013)

 

Segundo informações da Polícia, um homem identificado como José Jair Moreira, de 34 anos, foi vítima de homicídio por arma de fogo na madrugada desta quarta-feira (13), na cidade de Porto da Folha.

De acordo com os dados, José Jair estava em seu veículo Toyota Corolla, quando dois homens em uma motocicleta se aproximaram do carro, enquanto o motorista trafegava pela cidade. Sem reação, José Jair foi alvejado com cinco disparos de revólver calibre 38 no pescoço e na cabeça.

Após o ataque, os indivíduos fugiram em alta velocidade na motocicleta. A vítima não foi socorrida a tempo e morreu ainda dentro do veículo. Policiais da cidade investigarão a autoria do crime.

Jairzinho, como era mais conhecido, era filho da ex-vereadora Maria do Socorro, conhecida como Socorrinho. De acordo com informações, Jair havia rompido um relacionamento há poucos dias. A polícia trabalha com a possibilidade do crime ter sido motivado por uma tentativa de assalto.

Imagem: Arquivo Familiar

O homem que executou com cinco tiros o bacharel em direito José Jair Moreira Brasil (foto), de 34 anos, na última quarta-feira (13), na cidade de Porto da Folha, foi identificado pela polícia que já descobriu os motivos que levaram à morte de Jairzinho, como era conhecido.

De acordo com o delegado Samuel Oliveira, da cidade de Porto da Folha, Jairzinho foi executado após uma discussão com um homem identificado como “Jaom”, morador da cidade de Batalha, estado de Alagoas.

O delegado disse que Jairzinho e Jaom estavam em uma festa na casa do vereador Tiago, onde, inclusive, vítima e executor beberam juntos, conversaram e tiraram fotos. Houve um desentendimento entre Jair e seu assassino, possivelmente ambos estavam alcoolizados. Jair foi para casa e Jaom o seguiu e disparou cinco tiros de pistola à queima-roupa, sem dar chances de reação a José Jair, que morreu dentro do carro.

Já foi expedido um mandado de prisão contra o assassino, que poderá ser cumprido nos próximos dias pela Polícia Civil de Sergipe. As informações para encontrar o executor de Jairzinho, foram obtidas por meio do aparelho celular da vítima e informações dadas pelos presentes na residência do vereador, onde Jair estava antes de morrer.

 

Fonte: F5 News – Sergipe atualizado, edição de 15/02/2013.

 

 

 José Jair Moreira

 

PC DESTRINCHA HOMICÍDIO DE ADVOGADO EM PORTO DA FOLHA

Corpo da Superintendência de Polícia Civil de Nossa Senhora da Glória deslocou-se na manhã da quarta-feira pós-carnaval, 13, para averiguar um assassinato na sede municipal de Porto da Folha.

Um Indivíduo identificado por José Jair Moreira Brasil, 33 anos, foi encontrado morto por arma de fogo, do tipo pistola 380, no interior do seu veículo. O crime aconteceu no fundo de uma garagem, situada à Rua Antônio F. de Brito, no Centro da cidade, no início da manhã da quarta-feira, 13. “Jairzinho”, como era chamado popularmente, foi assassinado pelo companheiro de prenome Jalon.

Trecho do Registro Policial de Ocorrência (RPO) informou que Jairzinho estava em uma festa de amigos, nas proximidades do local do crime, um dia antes, e que até o momento não havia tido nenhum desentendimento por parte dos companheiros. Relatou o depoente que, por volta das 05h, surpreendeu-se com a notícia de que Jairzinho havia sido assassinado.

A vítima era proprietária de um escritório de advocacia e muito conhecida no município. Ela foi encontrada toda ensanguentada na poltrona do motorista do próprio automóvel. O homicídio foi decorrente de um posterior desentendimento no local.

O delegado da PC de Glória informou que os dois estavam embriagados.

O assassino é natural do município de Batalha em Alagoas. 

Horas antes, os dois protagonistas do assassinato posaram juntos para uma fotografia, mas a polícia não autorizou a publicação de tal.

 

Romário Andrade/soudesergipe (Postado em 14/02/2013).

Ver mais ......

Mais sobre o assunto ......