Sua versão do navegador está desatualizado. Recomendamos que você atualize seu navegador para uma versão mais recente.

Relíquias de nossa história

Nota de falecimento publicada em jornal:

 

Faleceu na madrugada deste domingo, aos 90 anos, José Pereira Feitosa, conhecido como Frei Angelino Caio, que foi o criador da Vaquejada de Porto da Folha. Ele estava internado na Unidade de Tratamento Intensiva (UTI) de um hospital de Salvador (Ba) há três semanas.

O corpo de Frei Angelino ainda não chegou à cidade de Porto da Folha, onde nasceu e será sepultado. O velório será realizado na Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição e o sepultamento está previsto para às 11h desta segunda-feira, 6.

Frei Angelino Feitosa era um eremita e frade franciscano, um dos maiores divulgadores da meditação cristã no Brasil. Ele ingressou  na Ordem dos Irmãos Menores em 1945 e após a ordenação, passou a organizar retiros espirituais e fazer palestras em várias congregações religiosas e dioceses em Sergipe, Alagoas, Pernambuco e Bahia.

Com a saúde debilitada, ele estava vivendo no Convento São Francisco, na capital baiana, quando piorou e foi internado na UTI de um hospital em Salvador. Era filho de Manoel Caio Feitosa e Maria Rosa Feitosa.

O frei é autor de dois livros: "Ao Encontro de você" e "Chão necessário".

Por Aldaci de Souza

Conteúdo

 

Último Adeus a Frei Angelino

 

          Faleceu na madrugada de domingo (05/04/2015), aos 90 anos de idade, José Pereira Feitosa, religiosamente conhecido como Frei Angelino, ilustre portofolhense e um dos fundadores da festa dos vaqueiros de Porto da Folha. 

 

Nos últimos dias e com saúde debilitada,  Frei Angelino esteve sob cuidados no Convento São Francisco em Salvador/BA. Com o agravamento da crise foi encaminhado à Unidade de Tratamento Intensiva (UTI) de um hospital da Capital baiana há três semanas.

O corpo de Frei Angelino chegou à Porto da Folha na manhã do dia 06, cujo velório se deu na Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição e ao entardecer o cortejo, formado por grande número de pessoas entre parentes e admiradores, seguiu para o cemitério paroquial, onde lhe foram prestadas as últimas homenagens. 

 

 

Frei Angelino foi um eremita e frade franciscano, um dos maiores divulgadores da meditação cristã no Brasil. Ingressou  na Ordem dos Irmãos Menores em 1945 e após a ordenação, passou a organizar retiros espirituais e fazer palestras em várias congregações religiosas e dioceses em Sergipe, Alagoas, Pernambuco e Bahia.

Durante sua vida dedicada à igreja, Frei Angelino atuou em vários locais, entre eles Areia Branca, Aracaju, Porto da Folha, Maceió, Olinda/PE e outros. 

Frei Angelino é autor de dois livros: “Ao Encontro de você” e “Chão necessário”.

 

 

 →Ler mais sobre Frei Angelino

 

Fonte: variados blogs e jornais da época,

Fotos: autores não identificados.

Redação básica e montagem: JSN.